Yo!

Como prometido, neste post estarei falando um pouco do meu processo de criar tirinhas. Não é um processo dificil, mas dependendo das condições de tempo e disposição, pode ser um processo um pouco demorado e “chato”, mas quanto mais você pratica e faz aquilo, mas acaba se “viciando” no processo e acaba se divertindo e curtindo o resultado final. Se você quer mesmo saber como eu faço minhas tiras, continue lendo o post.

Bom, primeiro devo deixar claro que todo meu atual processo é 100% digital devido a alguns fatores. Uso o Mangá Studio para todos os passos aqui tomados, mas você pode tranquilamente fazer a maioria dos passos no Paint Tool Sai que é uma ótima ferramenta gratuita que eu até considero o traço melhor do que quando feitos em Photoshop ou até mesmo do que o Mangá Studio, eu prefiro usar só o Mangá Studio devido a ele ser feito exatamente para quadrinhos e Mangás, tendo umas ferramentas exclusivas que ajudam muito, mas quando a questão é pintura, o Paint Tool Sai ainda está na frente (apesar que o Manga Studio 5 parece muito bom, mas eu ainda não o tenho).

Lembrando que mesmo o MEU processo ser 100% digital, nada impede de você usar a mesma base para fazer tudo no papel, desde os rascunhos até a quadrinização, mas ai depende de você ter um scanner, papel, lapis, borracha, caneta nanquim e mais paciencia ainda ^^

Então, vamos começar pelo começo ( ̄~ ̄;)

Para uma tira do padrão de tira de jornal americano, as medidas usadas são 14.5 x 5.5 inches. Não me perguntem qual o valor em outros tipos de medida (#/。\#)
faço as tirinhas ou em 1200 DPI ou em 600 DPI. Recomendo usar 600 que é o que a maioria usa para criar e quanto maior a resolução, maior é o arquivo gerado, tanto o de criação quanto o de resultado final.

Primeiras coisas que faço é: ter a ideia! ( ̄~ ̄;)
escrevo o texto num bloco de notas de todas as falas que estarão na tira e até passo no corretor do Word (as vezes…)  para achar alguma anomalia textorial (?!?!?). Então no Mangá Studio eu já começo a fazer os “esqueletos” dos desenhos antes mesmo de fazer a Rafe (que é um nome dado para os rascunhos) em uma layer (camada), depois de prontos, já faço os balões com os textos e os posiciono de acordo com o esqueleto.

Criando tirinhas no Toonsfera

Nota: As layers, ou camadas, são algo extremamente util e são em comum no Photoshop, Mangá Studio e Paint Tool Sai, são alternativas que você pode (DEVE) usar pra quando fazer os esqueletos e rascunhos e partes mais complicadas, não ter que os ficar apagando o tempo todo no papel. Seria no caso: 1 layer para os esqueletos, 1 para o rascunho, 1 para a Lineart, outra para as finalizações, etc..

Se você for fazer no papel, o aconselhavel é: Faça os balões primeiro que tudo, antes mesmos do rascunho ou esqueletos. Assim você consegue prever se o balão vai “comer” muito do seu desenho e até replanejar a tira se necessário.

Depois do esqueleto pronto com os balões, eu adiciono as bordas dos quadrinhos (cada um com sua camada).

Criando tirinhas no Toonsfera

Repare que eu faço o esqueleto em azul, para ficar mais facil de perceber o rascunho que faço em novas camadas:

Criando tirinhas no Toonsfera

Se você é habilidoso o suficiente para não fazer os esqueletos, meus parabens! 🙂
Mas se você ainda está se aperfeiçoando, não deixe de usá-los. Eles ajudam muito a seu desenho a ficar menos torto e com menos deformidades anatômicas. E olha que eu usando, ainda não ficam perfeitos, imagina se não uso! ( ̄~ ̄;)

Depois de desenhar o rascunho, eu “escondo” as camadas do esqueleto, deixando só o rascunho

Criando tirinhas no Toonsfera
Se o processo tivesse sido feito no papel até agora, seria necessário que o esqueleto tivesse sido feito bem fraco, quase imperceptivel para que quando você tivesse que apaga-lo, não apagasse junto o rascunho, e mesmo o rascunho teria que quer feito fraco para quando fizesse a lineart com nanquim e poder apagar o rascunho.

Bom, depois do processo, a lineart é criada em outras camadas. O aconselhavel é, faça o rascunho mais proximo possivel do que você quer na arte final, pode notar na figura abaixo a lineart por cima do rascunho com algumas pequenas diferenças. Isso é natural, mas evite o maximo possível errar o traço nesta parte. Deixe os erros e experimentos para o rascunho.

Criando tirinhas no Toonsfera

Agora escondo as camadas de rascunho e começo a finalização:

Criando tirinhas no Toonsfera

Agora é só finalizar conforme você desejar, em cores ou em Preto e branco e adicionar os detalhes desejados.

Criando tirinhas no Toonsfera

Esses são os passos básicos do metodo que eu faço tiras. Espero que tenha sido útil. Se você tiver dúvidas de como usar o Photoshop, Mangá Studio ou Paint Tool Sai, procure no Youtube, aprendi a usar esses programas assistindo a vários videos.

E não esqueça de conferir minha dica sobre balões de diálogo.

E também não se esqueça, dia 08/02 é aniversário do Toonsfera!!!